iStyle

  • 2017-11-21 19:29:53

Quando estudante ginasial, nosso professor de OSPB – Organização Social e Política do Brasil – costumava iniciar suas aulas pedindo que os alunos citassem, em alto e bom tom, o lema inscrito em nossa bandeira nacional. Argumentava ele que a repetição dessas duas palavras continha a magia de transformar um dia sem perspectivas em um dia de muito êxito.

Lembrei-me deste fato no início do ano usando-o como fonte de inspiração para  escrever o primeiro boletim RH de 2009.

A maioria de nossas empresas esteve em recesso no período de Natal e Ano Novo e devem estar retornando nesta primeira semana útil do mês de janeiro. Presume-se que todos estejam se sentindo renovados pelos dias de descanso e confraternização.

Assim, com as “baterias recarregadas” propomos que toda esta energia se volte em benefício da construção de um RH organizado e progressivo.  “Ordem” para entender e se localizar no presente; “Progresso” para auxiliar a empresa a projetar-se no futuro.

Neste início de ano aproveite para revisar as pastas funcionais dos empregados e verificar se a documentação está em dia estabelecendo o cronograma de deveres a serem cumpridos ao longo do ano, especialmente no que se refere às férias vencidas ou por vencer, renovação de uniformes, exames periódicos, etc.

Sugerimos abaixo um check list  básico de documentos que devem estar guardados em cada pasta funcional sendo imediatamente providenciados caso se encontre alguma lacuna a ser preenchida.

1. Contrato de Experiência com o respectivo aditivo de prorrogação ou conversão em prazo indeterminado. Lembrando que o contrato de trabalho deve conter as regras em relação a jornada de trabalho, inclusive compensações ou elastecimentos; possibilidade de transferências para as frentes de serviços com anuência do empregado (se for o caso); convenção coletiva que será aplicada ao contrato, inclusive com a distinção de que as normas aplicáveis são as vigentes no local da prestação dos serviços; e outros regulamentos adotados pela empresa.

2. Comprovante de residência – mantenha este dado sempre atualizado pois ele é necessário tanto para o fornecimento de vales-transporte quanto para eventual necessidade de contato via postal. Verifique se houve mudança de endereço dos empregados e atualize os comprovantes. Sugerimos, ainda, que se mantenha na pasta o endereço de outro familiar a quem se possa contactar em caso de acidente, abandono de emprego, etc.

3. Acordo de compensação de jornada e termo de anuência com prorrogação da jornada (se for o caso).

4. Exame médico admissional e os periódicos nos casos especificados em lei.

5. Certidão de nascimento dos filhos – verifique se já adquiriram a maioridade e por quanto tempo ainda será devido o salário família..

6. Certificado de treinamento nos primeiros dias de serviço incluindo-se neste tanto o manuseio do material e equipamento, quanto o uso do EPI e o conhecimento das normas disciplinares da empresa, devidamente datados e assinados pelo empregado.

7. Recibos de entrega de EPI e uniforme com o compromisso de utilização e zelo por parte do empregado devidamente datados e assinados pelo empregado.

8. Recibos de entrega da cesta básica e comunicação da supressão do benefício nos  meses em que ocorrer ausência injustificada do empregado, devidamente datados e assinados pelo empregado.

9. Recibos de fornecimento do vale transporte.

10. Recibos de férias, devidamente datado e assinados pelo empregado. Aproveite para programar o calendário de vencimento de férias.

12. Cartões ponto e recibos de salários devidamente datados e assinados pelo empregado.

13. Atestados médicos e comprovantes de outros eventos que justifiquem a ausência do empregado, por exemplo: a certidão de casamento para a licença de gala; a certidão de óbito para a licença de luto; a certidão de comparecimento à justiça, etc.

Feitos estes lembretes só nos resta agora reiterar o desejo de um 2009 com muita ordem e progresso!