iStyle

  • 2017-11-21 19:29:53

Assessoria de Assuntos Legislativos    NOTÍCIA EXTRAORDINÁRIA

Curitiba, 24 de setembro de 2008. 

O governador Roberto Requião assinou nesta terça-feira (9) decreto que reduz em até 75% a multa e em até 60% os juros sobre impostos estaduais atrasados de empresas paranaenses. A anistia vale para todo o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) com dívida vencida até 31 de dezembro de 2006. Os empresários com direito ao benefício devem procurar a Receita Estadual até o dia 30 de setembro, prazo final estipulado pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).


“Não iríamos em hipótese alguma deixar o empresariado paranaense em condições inferiores de competição. Por isso, como São Paulo ofereceu a anistia, conversei com o (vice-governador Orlando) Pessuti para assinarmos o decreto ainda nesta terça-feira”, disse Requião, após firmar o documento na abertura da reunião semanal da Escola de Governo, realizada no auditório do Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba.O decreto assinado pelo governador segue diretrizes estabelecidas pelo Convênio 51 do Confaz, formado pelos secretários da Fazenda dos 27 estados do País. “O item fundamental da medida que estamos tomando reduz em 75% a multa e em 60% os juros sobre o imposto devido para pagamento em parcela única até o final deste mês”, explicou o governador. O decreto também permite o parcelamento da dívida, em até 120 meses. “Trata-se de uma redução expressiva na correção monetária e nos juros incidentes sobre o ICMS atrasado”, falou o secretário do Planejamento e diretor-geral da Fazenda, Nestor Bueno. “É uma bela oportunidade para empresas que passaram por dificuldades regularizarem a situação com a Receita Estadual”, acrescentou Requião.   

<:AtomicElement><:HighlightText>Visite nossos sites:
www.fiepr.org.br/fiepr/assuntosLegislativos  
www.fiep.legisdata.cni.org.br

Atenciosamente
Departamento de Assuntos Legislativos - DALFederação das Indústrias do Estado do Paraná - FIEP
Fone: +55(41)3271-9061http://www.fiepr.org.br – [email protected]